sexta-feira, 17 de junho de 2011

Lady Susan - Carta 36 em Português (Últimas Cartas)

Reginald de Courcy à Lady Susan
Hotel

Por que você me escreve? Por que me pede detalhes? Mas, já que é assim, sou obrigado a declarar que todos os relatos de sua má conduta durante a vida, e após a morte do Sr. Vernon, que haviam chegado até mim, e que eu acreditei completamente antes de conhecê-la, mas que você com o exercício de suas habilidades perversas fizeram-me decidido a não aceitar, provaram-se incontestáveis para mim.
Não obstante, estou certo de que um relacionamento do qual eu nem sequer havia cogitado pensar, já há algum tempo existiu, e continua a existir, entre você e o homem cuja família é roubada de sua paz em troca da hospitalidade com que você estava nela recebida; que você tem se correspondido com ele desde que deixou Langford, não com sua esposa, mas com ele, e que ele agora a visita todos os dias.

Você pode, você se atreve a negar isso? E tudo isso enquanto eu era encorajado, um amante aceito! Do que escapei! Eu só tenho a agradecer! Longe de mim ficar me queixando ou suspirando de arrependimento. Minha própria loucura tinha me ameaçado, meu estado de conservação devo a bondade, a honestidade de outros; mas a infeliz Sra. Mainwaring, cujas agonias de quando relatava o passado parecia ameaçar sua razão, como poderá ser consolada?
Após uma descoberta como esta, você dificilmente ficará admirada com o significado de minha despedida. O meu entendimento está completamente restaurado, e ensinado a abominar os artifícios que haviam me subjugado, assim como a desprezar-me pela fraqueza em que sua força foi fundada.
R. de Courcy

Autora: Jane Austen
Tradução de: Bruna Tavares

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...