domingo, 31 de outubro de 2010

Lady Susan - Carta 8 em Português

 Sra. Vernon a Sra. De Course
Churchill

Minha querida mãe, você não deve esperar Reginald novamente por um tempo. Ele deseja que eu lhe diga que o bom clima atual, levou-o a aceitar o convite do Sr. Vernon para prolongar a sua estadia em Sussex e, portanto, poderem ir caçar juntos. Ele deseja enviar seus cavalos imediatamente, e é impossível dizer quando você poderá vê-lo em Kent. Não vou tentar disfarçar meus sentimentos sobre essa sua mudança, minha querida mãe, embora eu ache melhor não comunicá-las a meu pai, cuja excessiva ansiedade sobre Reginald poderia submetê-lo a um alarme que pode seriamente afetar sua saúde e espírito.

sábado, 30 de outubro de 2010

Catharine or the Bower - Sinopse

Catharine tivera a infelicidade de perder os pais quando era muito jovem e de ser criada aos cuidados de uma tia solteirona, que, embora a amasse profundamente, zelava pela sua conduta com uma seriedade tal que muitas pessoas ficavam na dúvida, e Catharine mais do que todas elas, sobre se ela a amava ou não... 'Catharine' - um dos primeiros e incompletos romances de Jane Austen - constitui um prelúdio às obras que se seguiram.

Obs:. Esta obra foi escrita em em 1792  quando a autora tinha 17 anos, e constitui uma das obras da Juvenília de Jane Austen.

Lady Susan - Carta 7 em Português

Lady Susan a Sra. Johnson
Churchill

Minha querida Alícia. Foi bondade sua mandar notícias de Frederica. Sou muito grata por esse sinal de sua amizade, mas como não tenho dúvida do calor de sua amizade, estou longe de exigir um sacrifício tão pesado. É uma garota estúpida e nada tem a recomendá-la. Não é do meu direito, ordenar que você perca um só minuto do seu tempo, mandando busca-la para Edward Street, já que cada visita prejudicará suas horas de educação, algo que espero seja sua principal ocupação enquanto estiver com a Srta. Summers. Quero que cante e toque com o mínimo de bom gosto e consiga uma boa dose de confiança, já que herdou os meus dedos e uma voz tolerável. Eu estava muito desejosa em meus anos de infância, porém nunca fui forçada a aplicar-me a nada, sendo assim, faltam-me hoje as habilidades necessárias atualmente, para completar uma mulher bonita. Não que eu seja uma defensora da atual tendência de adquirir um conhecimento perfeito de todas as línguas, artes e ciências. 

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Lady Susan - Carta 6 em Português

Sra. Vernon ao Sr. De Course
Churchill

Meu querido Reginald, conheci aquela perigosa criatura, e devo dar-lhe uma descrição, mas espero que em breve sejas capaz de formar seu próprio julgamento, ela é realmente muito bonita, mas você talvez questione as seduções de uma mulher que já não é mais jovem, eu da minha parte, declaro que raramente vi uma mulher tão bonita como a senhora Susan. Ela é delicadamente loura, com seus olhos cinzentos e cílios escuros. Por sua aparência, não parece ter mais de 25 anos, no entanto, deve ter uns dez a mais.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Orgulho e Preconceito - Final Alternativo

Resolvi escrever esta postagem, após descobrir que muitos desconhecem a existência deste final. O fato é que além do final tradicional que aparece no filme, há também o final alternativo que foi lançado nos Estados Unidos e no Canadá. Ao invés de substituir o final original, este final é um complemento do mesmo. Eu particularmente prefiro este final, pois gosto de saber o que acontece com eles após o casamento, e o considero mais romântico que o final inglês.
Veja este final aqui:

sábado, 23 de outubro de 2010

Jane Austen e Eu

Olá pessoal, essa é a minha primeira postagem nesse blog portanto achei correto contar a minha história com Jane Austen.
Como tantos outros fãs, conheci Jane Austen, não por meio de um livro mas de um filme, e foi é claro "Orgulho e Preconceito" (2005) Foi no dia 09 de junho de 2007, eu sei por que anotei no meu diário, as palavras que usei para descrevê-lo foram: "Muito lindo e apaixonante", o assisti 3 vezes em um fim de semana.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Noiva e Preconceito - A versão indiana de Orgulho e Preconceito

Bride and Prejudice (Noiva e Preconceito) é a versão bollywoodiana de Orgulho e Preconceito.

Assisti a esse filme ontem, e simplesmente amei! Fiquei muito satisfeita com a forma em que a obra inglesa da nossa amada Jane Austen, foi adaptada às ricas e diferentes tradições indianas, conseguindo ser fiel ao livro, apesar das diferenças culturais, e ao mesmo tempo sendo original.

sábado, 16 de outubro de 2010

Lady Susan - Carta 5 em Português

Lady Susan a Sra. Johnson
Churchill

Recebi sua carta, minha querida Alicia, pouco antes de sair da cidade, e alegro-me em ter certeza de que o Sr. Johnson não suspeitou nem um pouco do seu engajamento na noite anterior, é sem dúvida melhor para enganá-lo inteiramente, e já que ele é teimoso, ele deve ser enganado.
Eu cheguei aqui em segurança, e não tenho nenhuma razão para reclamar da minha recepção por parte do Sr. Vernon, mas confesso não estar igualmente satisfeita com o comportamento da sua dama. Ela é perfeitamente bem-educada, de fato, e tem o ar de uma mulher da moda, mas seu modos não podem convencer-me de que ela estava predisposta a meu favor. Eu esperava que ela ficasse feliz em me ver, fui tão amável quanto possível na ocasião, mas tudo em vão.

Lady Susan - Carta 4 em Português

Sr. De Coursy a Sra. Vernon
Parklands.
Querida irmã:
Quero parabenisar a você e ao Sr. Vernon, por estarem prestes a receber em sua família, a conquistadora mais realizada da Inglaterra. Eu sempre fui ensinado a considerá-la uma conquistadora distinta, mas ultimamente tem caído aos meus ouvidos, alguns pormenores de sua conduta em Langford, que provam que ela não se confinou a esse tipo de flerte honesto que satisfaça a maioria das pessoas, mas aspira a mais deliciosa  gratificação, de fazer toda uma família miserável. Seu comportamento com relação ao Sr. Mainwaring, semeou inveja e infelicidade em sua esposa. E suas atenções a um jovem prometido da irmã do Sr. Mainwaring, privaram uma jovem amável de seu amante.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Orgulho e Preconceito (1940) Download

Fixa Técnica:
Título Original: Pride and Prejudice
Ano/País/Gênero/Duração: 1940 / EUA / Comédia Drama Romance / 117min
Direção: Robert Z. Leonard
Produção: Hunt Stromberg
Roteiro:  Aldous Huxley
Fotografia: Karl Freund
Música: Herbert Stothart

Sinopse:
No interior da Inglaterra vive a família Bennet. O casal tem cinco filhas, como são pobres, não tem condições de oferecer um dote. A Sra. Bennet (Mary Boland) quer conseguir um bom casamento para as filhas, e vê surgir uma boa oportunidade quando Mr. Bingley (Bruce Lester), um homem rico, se muda para a casa vizinha. O amigo deste, o Sr. Darcy (Laurence Olivier) também é rico. Jane (Maureen O’Sullivan) e Lizzy (Greer Garson) se envergonham pela atitude de sua mãe e de suas irmãs mais novas, sempre em busca de um homem rico.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Do Prada ao Nada - Nova versão de Razão e Sensibilidade

Do Prada ao Nada (From Prada to Nada), é uma versão latina do clássico romance de Jane Austen: Razão e Sensibilidade.
O filme que têm estréia prevista para 2011, fala de duas jovens que após a morte do pai, perdem sua fortuna e são obrigadas a viver na casa da tia, no bairro latino de Boyle Heights. Neste momento elas se vêem perdidas em um mundo totalmente estranho. Porém, com o tempo, aprendem a valorizar a cultura que por tanto tempo lutaram para esconder. E durante este processo acabam encontrando o amor verdadeiro.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Lady Susan - Carta 3 em Português


Sra. Vernon a Lady de Course
Churchill
Querida mãe:
Lamento dizer que não podemos cumprir a promessa de passar o Natal com você. O que impediu esta felicidade é uma circunstância que temo, não nos servirá de compensação. Lady Susan em uma carta a seu cunhado, declarou sua intenção de visitar-nos, quase imediatamente, e como tal é uma visita apenas por questão de conveniência, é impossível conjeturar
seu cumprimento...

domingo, 3 de outubro de 2010

Lady Susan - Carta 2 em Português

Lady Susan para Sra. Johnson
Langford
Você estava enganada, minha querida Alícia, ao supor que eu passaria o inverno inteiro aqui: entristese-me dizer o quanto estava enganada, pois eu raramente passei três meses mais agradáveis do que estes que passaram.
Agora tudo é problema. As mulheres da família estão unidas contra mim.  Você predisse que seria assim quando cheguei a Langford. Mainwaring é tão extraordinariamente encantadora que eu não podia deixar de me sentir apreensiva.

sábado, 2 de outubro de 2010

Lady Susan - Carta 1 em Português

Lady Susan Vernon ao Sr. Vernon
Langford, dezembro

Caro irmão
Não posso me privar do prazer de aceitar o amável convite que me fez a última vez que nos despedimos, de passar algumas semanas com você em Churchill e, portanto, se for conveniente para você e a Sra. Vernon me receberem no momento, espero dentro de poucos dias, ser apresentada a essa irmã que a tanto tempo desejo conhecer...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

O que é um Morgadio?

Os morgadios eram comuns na Inglaterra da época de Jane Austen e são mencionados, direta ou indiretamente, em seus livros. Como gosto de história, resolvi pesquisar.
Segundo a Wikipédia, o morgado ou morgadio é uma forma de organização familiar que cria uma linhagem, bem como um código para designar os seus sucessores, estatutos e comportamentos...

Orgulho e Preconceito – Capítulo 1

É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro na posse de uma boa fortuna, deve estar a procura de uma esposa.
No entanto, por menos conhecidos que sejam os sentimentos ou pontos de vista de um homem ao entrar pela primeira vez em um vilarejo, essa verdade é tão bem fixada na mente das famílias vizinhas, que ele é considerado como propriedade legítima de uma ou outra de suas filhas.

Tom Lefroy e Jane Austen

O filme "amor e inocência" despertou minha curiosidade sobre Thomas Lefroy. Por isso, resolvi pesquisar sobre ele.
Thomas Langlois Lefroy (08 de janeiro de 1776 - 4 de Maio 1869) foi um irlandês - huguenote político e juiz.
Em 1796, Lefroy teve um flerte com Jane Austen, que era amiga de um parente seu. Ela o menciona em duas cartas  escritas à sua irmã Cassandra