terça-feira, 3 de maio de 2011

Mansões de Orgulho e Preconceito: Netherfield Park

Hoje vamos continuar nossa viagem pelas locações de Orgulho e Preconceito.  Vamos conhecer agora as mansões usadas para representar Netherfield Park, a casa do Sr. Bingley.

Basildon Park



Basildon Park  foi usado como Netherfield Park no filme de 2005. Essa mansão Georgiana está localizada em Reading, Berkshire, e foi construída em 1776-83 por John Carr para Francisco Sykes, que fez fortuna na Índia. A casa escapou da ruína no início do século XIX ao ser resgatada pelo Senhor e a senhora Iliffe que a restauraram e a encheram de elegantes pinturas e mobílias.
A casa está cercada por mais de 400 hectares de parque com trilhas e belos jardins. O interior é ornamentado por lindos quadros, tapeçarias e a inusitada sala octagonal.


A sala octagonal (acima) foi usada na cena em que o senhor Darcy escreve sua carta. Esse comodo é pintado de um vermelho impresionante.  Mas esta cor não era apropriada para o filme, assim foi construída uma falsa parede interior para criar uma sensação completamente diferente para a sala.


A sala de jantar foi usada no filme como sala de café da manhã, porém sem a mesa que aparece na imagem acima, na cena em que Elizabeth aparece "coberta em lama". Também, possivelmente, foi usado na cena do baile.




Casa como era vista em 1820




Edgecote Hall



Edgecote Hall foi usada na série da BBC. Essa mansão está situada na zona rural de Oxfordshire perto de Banbury. A casa é propriedade privada e as visitas são escritas somente com hora marcada. 

A casa foi construída entre 1748 e 1754 e vem com 1.700 hectares de terras, casas e chalés. 
Em 2005, a fazenda foi vendida para um comprador misterioso de uma verba não revelada.

Cenas filmadas em Edgecote Hall:




Brocket Hall



O interior de Brocket Hall foi usado como Netherfiel Park na cena do baile também na versão da BBC.

Brocket Hall é uma casa de campo situada em Hertfordshire, Inglaterra, à 22 milhas (35 km) de Londres. Foi construída por Sir Matthew Lamb por volta de 1760 com desenhos do arquiteto James Paine.
A casa pertenceu a dois primeiro-ministros do Reino Unido, sendo estes William Lamb e Lord Palmerston e recebeu visitas ilustres como o príncipe regente George IV e a rainha Vitória.
Atualmete é usado como hotel e centro de eventos tendo dois campos de Golfe e um restaurante chamado Auberge du Lac.





Cenas filmadas em Brocket Hall:




Well Vale


Well Vale representou Netherfield Park na versão de 1980. Well Vale está localizada em Well Alford, Lincolnshire. Foi construída em 1720, possui um parque com três lagos e já foi usada como uma escola.




Bramham Park


Essa foi a Netherfield Park de Lost in Austen. Bramham Park é uma casa de campo entre Leeds e Wetherby, West Yorkshire, Inglaterra. A mansão barroca foi construída em 1698 por Robert Benson, primeiro intitulado Barão Bingley. A casa está rodeada por um parque ajardinado.
Após um incêndio em 1828 a casa ficou abandonada por 80 anos até ser restaurada sob a supervisão do arquiteto Detmar Blow em 1908. A casa tem o nome da aldeia vizinha de Bramham. 
Hoje continua a ser uma residência privada, enquanto o parque é o cenário para as comemorações Bramham Horse Trials e Leeds Festival .

4 comentários:

Daiane Santo disse...

Nossa, Bruna, realmente são lindas! Imagine só poder morar numa mansão dessas,parece algo inimaginável, pois, pra hoje, parecem ser mais castelos rsrsrs O fato é que os filmes retrataram muito bem a época ao escolher tais lugares. Realmente muito lindo!

Beijão!!

Aline disse...

Tenho lido seu blog aos poucos e estou gostando muito. Sou fascinada pela Jane Austen, já li todos os livros e assisti a todos os filmes em mais de uma versão. Agora estou relendo Emma. Sei um pouco de inglês, mas não o suficiente para ler textos mais complexos. Sempre quis saber quanto dinheiro tinham os personagens da Jane. Mr. Darcy tinha uma renda de 10.000 libras anuais, o Mr. Bingley de 5.000, a Emma ganharia 30.000 de herança, etc. Encontrei um artigo que explica quanto valeria isso hoje, em dólares. Está no site http://www.jasna.org/persuasions/printed/number12/heldman.htm
Você parece saber bem o inglês, se foi quem traduziu as cartas. Seria tão bom se pudesse fazer um resumo desse artigo e postar no blog! Acho que vai gostar dele.
Parabéns pelo blog.
Aline França Russo (Belo Horizonte)- af1986@uol.com.br

Bruna Tavares disse...

Olá Aline, fico feliz que esteja gostando do blog.
Ultimamente ando com pouco tempo até para traduzir Lady Susan, mas tentarei atender seu pedido quando possível.
B-jus

Teresa Di Monaco disse...

Tenho interesses tão similares aos seus, que me identifiquei imediatamente com seu blog.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...