domingo, 26 de junho de 2011

Lady Susan - Carta 38 em Português (Últimas Cartas)

Sra. Johnson a Lady Susan
Edward Street

Estou triste, mas não posso dizer que fui surpreendida por sua ruptura com o Sr. De Courcy, ele acaba de informar o Sr. Johnson de tudo por carta. Ele deixa Londres, segundo disse, hoje.
Esteja certa de que eu partilho todos os seus sentimentos, e não fique zangada se eu disser que nossa relação, mesmo por carta, em breve terá de ser interrompida.
Isso me faz infeliz, mas o Sr.Johnson jura que se eu persistir nessa amizade, ele irá se estabelecer no campo pelo resto de sua vida, e você sabe que é impossível se submeter a tal extremidade, ao passo que não me resta alternativa.

sábado, 25 de junho de 2011

Lady Susan - Carta 37 em Português (Últimas Cartas)

Lady Susan ao Sr. De Courcy
Upper Seymour Street.


Estou satisfeita, e não o incomodarei mais após estas poucas linhas serem enviadas.O compromisso que você estava ansioso para formar há duas semanas não é mais compatível com suas opiniões, e alegro-me ao descobrir que o conselho prudente de seus pais não foi dado em vão.A restauração de sua paz, sem duvidas, seguirá este ato de obediência filial e eu agrado-me com a esperança de sobreviver à minha parte nesta decepção.
S.V

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Partituras de Orgulho e Preconceito

Olá Pessoas!
Ontem eu estava navegando na internet e encontrei um Blog muito legal chamado Piano Ambiente que contém partituras de músicas de filmes, e o melhor de tudo é que nesse blog eu encontrei as partituras das músicas que constituem a trilha sonora do filme Orgulho e Preconceito (que é linda). Como estou começando a aprender teclado isso me interessou bastante.
Se alguém aí toca piano ou teclado poderá fazer o Download das partituras nos links abaixo:

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Lady Susan - Carta 36 em Português (Últimas Cartas)

Reginald de Courcy à Lady Susan
Hotel

Por que você me escreve? Por que me pede detalhes? Mas, já que é assim, sou obrigado a declarar que todos os relatos de sua má conduta durante a vida, e após a morte do Sr. Vernon, que haviam chegado até mim, e que eu acreditei completamente antes de conhecê-la, mas que você com o exercício de suas habilidades perversas fizeram-me decidido a não aceitar, provaram-se incontestáveis para mim.
Não obstante, estou certo de que um relacionamento do qual eu nem sequer havia cogitado pensar, já há algum tempo existiu, e continua a existir, entre você e o homem cuja família é roubada de sua paz em troca da hospitalidade com que você estava nela recebida; que você tem se correspondido com ele desde que deixou Langford, não com sua esposa, mas com ele, e que ele agora a visita todos os dias.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Lady Susan - Carta 35 em Português

Lady Susan à Mr. De Courcy 

Upper Seymour Street. 

Não vou tentar descrever o meu espanto ao ler a nota que recebi de você neste momento. Estou confusa em meus esforços para formar uma conjectura racional do que a Sra. Mainwaring pode ter-lhe dito que venha a causar uma mudança tão extraordinária em seus sentimentos. Já não tenho explicado a você tudo com respeito a mim mesma que poderia ter um significado duvidoso, e que a natureza maldosa do mundo havia interpretado a meu descrédito? O que você poderia ter ouvido agora que fizesse cambalear sua estima por mim? Acaso tenho eu algum segredo para você?