terça-feira, 12 de abril de 2011

Lady Susan - Carta 27 em Português

Sra. Vernon a Lady de Courcy
Churchill

Esta carta, minha querida mãe, será levada até você por Reginald. Sua prolongada visita está prestes a ser finalmente concluída, mas temo que esta separação aconteça tarde demais para nos trazer algum bem.
Lady Susan está indo a Londres para ver sua amiga particular, a Sra. Johnson. Sua primeira intenção foi levar Frederica com ela, para receber auxílio dos mestres, mas nós anulamos esta ideia.

Frederica estava infeliz com a ideia de ir, e eu não podia suportar vê-la a mercê de sua mãe. Nem todos os mestres de Londres poderiam compensar a destruição de seu bem-estar. Eu deveria temer, também, por sua saúde e por tudo, exceto seus princípios.
Não posso acreditar que ela não seria prejudicada por sua mãe, ou pelos amigos de sua mãe. Com esses amigos (um péssimo conjunto, sem dúvida), ela teria de se misturar, ou seria deixada na solidão total. Eu mal posso dizer o que teria sido pior para ela. Além disso, se ela estivesse com sua mãe, estaria (ai de mim!), possivelmente com Reginald, e isso seria o pior de tudo.
Aqui recobraremos a paz com o tempo. Nossas ocupações costumeiras, nossos livros, nossas conversas, os exercícios, as crianças e todos os lazeres domésticos que estiverem ao meu alcance proporcioná-la, irão, espero, fazê-la superar esse amor juvenil. Eu não teria dúvida do mesmo se ela fosse desprezada por qualquer outra mulher do mundo que não sua própria mãe.
Quanto tempo Lady Susan ficará na cidade, ou se voltará novamente, eu não sei. Eu não poderia ser cordial no meu convite, mas se ela opta por vir, não será a incordialidade da minha parte que a manterá longe.
Não pude deixar de perguntar a Reginald se ele pretendia ir a Londres neste inverno, assim que percebi que os passos de sua senhoria se direcionavam a isso. Embora ele professasse estar bastante indeterminado, havia algo em seu olhar e em sua voz quando falou que contradiziam suas palavras. Tive que lamentar por isso.
Vejo esse evento como decidido e resigno-me a ele em desespero. Se ele deixar você em breve e for para Londres tudo estará acabado.
Sua afetuosa
C. Vernon

Autora: Jane Austen
Tradução de: Bruna Tavares

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...